sábado, 23 de marzo de 2013

Elis Regina - Elis [Brasil - 1972]

Elis Regina (1945 ~ 1982) é considerada por muitos a maior e melhor cantora de música brasileira. Contrariando a regra informal vigente desde o início do século XX, onde os grandes artistas eram provenientes do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, Elis era do sul do país (Rio Grande do Sul) até então cenário desapercebido do mundo musical brasileiro.
Após uma breve carreira em Porto Alegre, “estourou” em São Paulo, em 1964/1965, nos famosos “Festival da Canção” (havia vários em um mesmo ano). Quem a viu cantando “Arrastão” (Edu Lobo), percebeu estar ali um diamante, ainda bruto, mas de muito brilho e valor.
Sua carreira foi meteórica, em dois anos (1967) já era considerada a maior cantora de música brasileira. Seu repertório inicial, essencialmente constituído de samba e canções românticas (o chamado “samba-canção”), paulatinamente foi se abrindo para outras influencias, como o jazz, o blues, o folclore e o rock. Em todos os estilos e fusões, um “banho” de interpretação.
Elis teve também a importante ação de dar oportunidade a novos talentos. Ela foi a primeira a gravar músicas de Milton Nascimento, Ivan Lins, João Bosco, Belchior, etc(querem mais???), além de regravar clássicos antigos da música brasileira, esquecidos na época da bossa nova.
Suas apresentações, sempre muito arrebatadoras e emotivas, freqüentemente a levavam (e o público também) às lagrimas.
Infelizmente Elis não suportou uma forte crise de depressão e nos deixou, prematuramente, em 1982, antes de completar 37 anos.
Mais informações: WIKIPEDIA - ELIS REGINA

MÚSICAS

01 – 20 anos blue
02 – Bala com bala
03 – Nada será como antes
04 – Mucuripe
05 – Olhos abertos
06 – Vida de bailarina
07 – Águas de Março
08 – Atrás da porta
09 – Cais
10 – Me deixa em paz
11 – Casa no campo
12 – Boa noite amor







ELIS REGINA 1972 (2013)

4 comentarios:

  1. Olá Amigos!
    Adicionei um novo link (2012).
    Divirtam-se!

    ResponderEliminar
  2. pode adicionar um outro link de elis regina - elis [1972]. Grato, Márcio.

    ResponderEliminar
  3. Caro Márcio, desculpe a demora!
    Experimente o novo link!
    Abraços!

    ResponderEliminar